• Cerimónia de Encerramento 2018/2019

    Mais um ano letivo fantástico que chegou ao fim. Uma escola não se faz de paredes. Faz-se das pessoas que dão vida às dinâmicas no interior e exterior dessas paredes. Por isso, é importante dar os parabéns a todos os nossos jovens por terem embarcado nesta maravilhosa aventura que deixará, com certeza, memórias intensas de aprendizagens ricas e diversas. Parabéns, também, a toda a equipa da Escola de Segunda Oportunidade de Matosinhos! Deixamos, ainda, um enorme agradecimento a todos os nosso parceiros que ao longo dos anos foram sustentando este projeto connosco e a todos aqueles que ontem fizeram questão de estar presentes no encerramento deste ano letivo, deixando a vontade de reabrir a escola em setembro com a mesma energia que sempre nos caracterizou. Bem-haja!
  • Multiplier Event TIP

    O projeto TIP - Transferring Innovative Practices encerrou no passado dia 15 de Julho com um Multiplier Event no Teatro Flor de Infesta. Durante o evento estreou a curta metragem "Second Chance" onde é possível assistir a algumas entrevistas com jovens estudantes de vários países. Esperamos que o projeto continue por mais dois anos, permitindo que o enorme contributo já dado à causa do Abandono Precoce de Educação e Formação seja ainda maior, no futuro.
  • Encontro Transnacional do Projeto INCAS

    A Associação para a Educação de Segunda Oportunidade (AE2O) esteve presente no 2º Encontro Transnacional do Projeto INCAS (Increasing Impact in International Work Placements) que teve lugar em Sopot, na Polónia. Enquanto líder do Intellectual Output 1, apresentou a seleção efetuada de 30 exemplos de instrumentos e boas práticas usados para a mobilidade de jovens. Estes dados foram recolhidos pelos diferentes parceiros, usando um modelo criado também por nós – o IO1 SCE Mobility Toolbox. Foram selecionados os exemplos que representavam as melhores práticas e que poderiam ser mais facilmente transferíveis para outros contextos internacionais, sendo divididos em três etapas: preparação, implementação e avaliação. O Projeto Incas visa facilitar a mobilidade de jovens vulneráveis para formação em contexto de trabalho, disponibilizando e desenvolvendo recursos que possam atender às suas necessidades, tais como aplicações móveis e ferramentas online.
1 / 1

CONTACTOS

Envie-nos uma mensagem / Colabora connosco